Tratamento das escaras

As escaras de decúbito, também conhecidas como úlceras de pressão, são feridas que aparecem na pele de pessoas que permanecem muito tempo na mesma posição, como acontece em pacientes internados em hospitais ou que ficam acamados dentro de casa, sendo muito comum também nos paraplégicos, já que passam muito tempo sentados na mesma posição.

As escaras podem ser classificadas de acordo com a sua gravidade, podendo ser:

Grau 1: Vermelhidão na pele que, mesmo após o alívio da pressão, não desaparece;
Grau 2: Formação de bolha com conteúdo aquoso;
Grau 3: Aparecimento de necrose do tecido subcutâneo;
Grau 4: Acometimento de estruturas profundas, necrose de músculos e tendões, aparecimento de estrutura óssea.

Os locais mais frequentes para o surgimento de escaras são a região sacral, logo acima do bumbum, as laterais do quadril, os calcanhares, as orelhas, os ombros e os  joelhos, pois são locais do corpo que ficam mais facilmente sobre superfícies duras, dificultando a circulação de sangue.

O maior perigo é a infecção que pode ocorrer nessas feridas. Bactérias podem entrar facilmente no corpo através de uma escara aberta e mal cuidada, trazendo maiores complicações para o estado de saúde.

Rua Pinto Madeira, Nº 535, Sala 2 - Centro

  • Facebook Basic Black
  • Google+ Basic Black
WhatsApp

/

© Clínica de Saúde Familiar. Todos os direitos reservados.